Pauloacbj Wiki
Advertisement

Fatos[]

São Paulo, 17/10/1988

Cléo Sóstenes Dantas da Silva, palmeirense, foi morto a tiros em frente à sede da Mancha Verde, da qual era o presidente. É considerado a primeira vítima em brigas de torcidas no Brasil.

São Paulo, 23/01/1992

Rodrigo de Gásperi, corintiano de 13 anos, morreu atingido por uma bomba caseira lançada pela torcida do São Paulo num jogo contra o Corinthians, pela Copa São Paulo de Juniores, no Pacaembu.

Campinas, 12/10/1994

Sérgio Franceschini, corintiano de 14 anos, morreu pisoteado após uma briga de torcidas de Guarani e Corinthians, no estádio Brinco de Ouro, em jogo pelo Campeonato Brasileiro.

São Paulo, 15/12/1994

Paulo Sérgio Costábile Elias, corintiano de 31 anos, estava na caçamba de uma picape na avenida Henrique Schaumann (zona oeste) quando levou um tiro de um torcedor palmeirense após o clássico entre Palmeiras e Corinthians, na final do Campeonato Brasileiro.

São Paulo, 20/08/1995

Márcio Gasparin da Silva, são-paulino de 16 anos, morreu depois de levar várias pancadas na cabeça após uma briga entre torcedores de Palmeiras e São Paulo no gramado do Pacaembu, após jogo pela Supercopa São Paulo de Juniores.

Belo Horizonte, 11/04/2004

Francisco Agnaldo Felício, cruzeirense de 24 anos, foi espancado até a morte com socos, pontapés e barras de ferro durante uma briga com torcedores do Atlético-MG, antes de jogo entre as duas equipes pela final do Campeonato Mineiro.

Rio de Janeiro, 07/10/2005

Wilson Pompeu de Araújo, botafoguense de 29 anos, morreu baleado por um policial militar durante uma briga entre duas torcidas organizadas do clube carioca, próximo ao estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, antes de jogo contra o Palmeiras.

São Paulo, 04/06/2009

Clayton Ferreira de Souza, corintiano de 27 anos, foi morto por torcedores do Vasco durante uma briga na Marginal do Tietê antes de jogo entre as duas equipes pela Copa do Brasil. Como represália, torcedores do Corinthians queimaram um ônibus de vascaínos nos arredores do Pacaembu, horas depois.

São Paulo, 29/08/2011

Douglas Silva, corintiano de 27 anos, foi encontrado morto no Rio Tietê dias depois de uma briga entre corintianos e palmeirenses, marcada pela internet, na avenida Inajar de Souza, zona norte de São Paulo.

Rio de Janeiro, 19/08/2012

Diego Martins Leal, vascaíno de 29 anos, foi baleado durante uma briga com torcedores do Flamengo em Tomás Coelho, no Rio, quando um ônibus com flamenguistas passou por um grupo de torcedores do Vasco concentrados num porto de gasolina, logo depois do clássico entre as duas equipes pelo Campeonato Brasileiro.

Recife, 16/02/2013

Lucas de Freitas Lyra, torcedor do Náutico, de 19 anos, foi baleado em frente ao estádio dos Aflitos durante briga entre torcidas organizadas antes de jogo contra o Central. Ele está internado em estado grave num hospital de Recife.

http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/torcedor-santista-e-espancado-ate-a-morte-por-sao-paulinos



Por times[]

São Paulo[]

Santista é espancado até a morte por são-paulinos após clássico no Morumbi

Um torcedor do Santos morreu na madrugada desta segunda-feira, após ter sido espancado por fãs do São Paulo, logo depois do clássico que terminou com placar de 0 a 0, no Morumbi. De acordo com informações da Rádio CBN, Márcio Barreto de Toledo, 34 anos, foi atacado no início da noite de domingo na região da Radial Leste. Ele deixava a sede da Torcida Jovem, do Santos, quando acabou surpreendido pelos suspeitos, que estavam em dois carros. [...] Segundo testemunhas, Toledo vestia a camisa da torcida organizada do Peixe quando foi abordado em um ponto de ônibus na estação Penha do Metrô. Torcedores do São Paulo teriam o ferido com chutes, socos e pauladas, e depois fugido. [...]

http://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/santista-%C3%A9-espancado-morte-s%C3%A3o-115732836--sow.html


TORCEDOR DO SANTOS MORTO ERA PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS

[...] Ontem, um torcedor do Santos de nome Lucas, 15 anos, segundo relatos, foi barbaramente morto por torcedores do São Paulo em um ponto de ônibus na Zona Leste de São Paulo. Por ser portador de necessidades especiais, Lucas não conseguiu fugir, enquanto outros torcedores santistas, em menor número, conseguiram escapar.

Segundo leio no site Voz Caiçara (clique aqui), ontem logo depois do almoço houve trocas de tiros na Rodovia Anchieta num conflito novamente entre santistas e são-paulinos. Um torcedor do Santos teria levado um tiro de raspão na boca. [...]

http://esportes.terra.com.br/blog-do-sormani/blog/2014/02/24/torcedor-do-santos-que-estaria-morto-era-portador-de-necessidades-especiais/


Assuntos relacionados[]

Futebol

Futebol: prós e contras

Futebolização

Futebol e economia

Futebol e democracia

Racismo no futebol

Brigas de torcidas

Mortes no futebol

Corrupção no futebol

Futebol e luta de classes

Real Futebol Factory


Voltar[]

voltar para Futebol

voltar para Sociologia

voltar para Diversão

Advertisement